Como Baixar Músicas Hardcore?

Quer baixar música de Hardcore? Vamos te ajudar a encontrar o melhores sites de Download de músicas e Serviços de Streaming isso legalmente, você vai poder baixar MP3 e ouvir música onde você desejar. Confira!


Hardcore

Conheça mais sobre o estilo musical Hardcore.

Hardcore punk (ou simplesmente hardcore) refere-se à cena musical surgida internacionalmente através da “segunda onda do punk”, no final dos anos 70, e mais comumente à um estilo de punk considerado ainda mais rápido e agressivo.


Playlist das 100 Músicas mais Baixadas Hardcore


Top 10 Músicas Mais Tocadas do Hardcore

Ops algo não saiu como previsto, por enquanto escute Hardcore no Youtube:



Lista dos Artistas e Ranking das Músicas de Hardcore

Principais Artistas do Hardcore



7 parcerias musicais pra fechar o mês com chaves de ouro!

7 parcerias musicais pra fechar o mês com chaves de ouro!

Entre outras vantagens, o feat. promove intercâmbio de públicos e sonoridades. Essa gravação é enriquecedora tanto para os artistas quanto para o fãs, que acabam saboreando a experiência de curtir um som diferente e cheio de outras referências. Se bem selecionada, a parceria tem tudo para dar um up nas carreiras dos envolvidos.

Saiba mais sobre a história do estilo musical: Hardcore.

Hardcore ou Screamo, é um estilo de música agressivo, caótico e emocional, derivado do Punk. • Hardcore no universo dos games significa jogador exímio, veterano e experiente, veja Hardcore gamer. Subgêneros do hardcore são • Hardcore punk: no contexto punk, refere-se à cena musical surgida internacionalmente através da “segunda onda do punk”, no final dos anos 70, e mais comumente a um estilo de punk,caracterizado por ser agressivo e ao mesmo tempo emocional. • Hardcore melódico: é um estilo surgido no início da década de 80. Utiliza elementos característicos do hardcore punk tradicional, como tempo acelerado, guitarras distorcidas e músicas de curta duração, mas seus arranjos são mais elaborados e claramente distinguíveis. É um estilo de Hardcore mais melódico. • New York hardcore: refere-se à música hardcore punk e metalcore criada na cidade de Nova Iorque, Estados Unidos e a subcultura associada a ela, que tem o streetpunk/oi! como base ideológica, porém as bandas do estilo apresentam uma sonoridade agressiva com fortes influências do Punk e Screamo. • Hardcore hip hop: é um estilo musical derivado do hip hop e hardcore caracterizado pelo confronto e pela agressão. O termo pode referir-se também a outros gêneros como o gangsta rap e o rapcore. • Hardcore techno: é um estilo de música eletrônica moderna, nascido nos princípios dos anos 90 nos Países Baixos. Caracteriza-se pela sua velocidade (algumas canções alcançam os 200 beats por minuto) e pelo característico BassDrum, que consiste em misturar uma distorção forte do tambor com um baixo, como também gabber, speedcore, etc. • Oldskool/Breakbeat Hardcore: Um gênero de música eletrônica nascido nas primeiras raves em meados de 1990–1991, composto por samples, breakbeats muito variados, uma linha de percussão 4/4, e riffs de sintetizadores, originado da música afro-americana, como o Dub e o Hip hop, e da música eletrônica ocidental, como o Techno de Detroit, Alemanha e Europa. Sua influência Inspirou o Drum And Bass, Jungle, Happy Hardcore, além de toda a música eletrônica inglesa como um todo, e também marcou pequenos traços permanentes em gêneros pouco relacionados musicalmente por meio da tentativa de criação de um ambiente sonoro em raves psicodélico, moderno, agressivo e alegre, como notado no Trance psicadélico e no Goa trance. Ressurgiu no início da década de 2010 como Hardcore Breaks, permanecendo hoje como um gênero underground, de popularidade razoável no cenário rave atual do Reino Unido. • Post-Hardcore: Como o nome pode sugerir, é derivado do hardcore. As primeiras aparições do gênero foram em Washington, D.C., após a metade dos anos 80 (veja a era de lançamentos da Dischord Records, por exemplo), apesar de não ser bem conhecido até o começo dos anos 90. O post-hardcore, como um gênero musical, é marcado pelos seus ritmos precisos e bases de guitarra altas acompanhadas por performances vocais que são frequentemente cantadas sussurradas ou gritadas (scream). O gênero desenvolveu um equilíbrio único entre dissonância e melodia, em parte dividindo a característica alta e rápida do hardcore em algo mais uniforme, com estruturas de tensão sutis e mais solto. Ele divide com suas raízes do hardcore uma consciência intensa e social, e assim como a ética punk DIY, ainda evita muito da raiva não focada e liberdade, às vezes talento musical amador do punk rock. Após a primeira onda punk ocorrida em 1977, que contava com bandas americanas e europeias como Ramones, Dead Boys, Television, Sex Pistols e The Damned, surgiu, nos Estados Unidos, uma cena de grupos de cidades costeiras no Sul da Califórnia. Esses grupos extremaram o punk rock, acelerando o andamento das músicas, aumentando o contexto social e político relacionado às letras e incluindo uma forma mais agressiva na atitude e no visual. Em geral, eram formados por garotos, surfistas, skatistas e suburbanos. Todos eram fãs de punk rock e esportes radicais que resolveram colocar seu universo individual na música e criar um dos estilos com o maior número de adeptos no rock, o Hardcore, que significa “núcleo-duro”. No Brasil, a palavra mais adequada ao nome do estilo seria “casca-grossa”. Surgidas entre os anos de 1978 e 1980, as bandas mais influentes na cena Hardcore foram: Dead Kennedys, Germs, Black Flag, Middle Class, The Adolescents, Suicidal Tendencies e Vicious Circle. A primeira criação do gênero é tema de discussão entre os fãs do estilo. Alguns citam o EP “Out of Vogue”, do grupo Middle Class, como o disco que deu origem ao Hardcore. Já outros indicam o “Nervous Breakdown”, do conjunto Black Flag. Apesar do desacordo entre as partes, ambos foram lançados em 1978 e tem as principais características “casca-grossas” do estilo: são velozes, agressivos e foram adotados como bíblias por qualquer garoto urbano com menos de 19 anos que andasse de skate. Outra parte importante do movimento Hardcore ocorreu na Inglaterra, porém, com um radicalismo maior na mistura entre a música e a política e, principalmente, no visual. O país, que havia conhecido o estilo agressivo e pretencioso dos Sex Pistols, criados por Malcolm McLaren, viu uma segunda revolução, mais agressiva. O material mais utilizado pelos fãs de Hardcore era o couro, junto com espetos, correntes, arrebites, bottons, pinos, pregos, socos ingleses, entre outros. Com relativo atraso ao surgimento na América, assim como aconteceu com o punk rock, o velho continente pariu o Hardcore em 1982. As principais bandas foram Anti-Cimex, Shitlickers (Suécia), Riistetyt, Kaaos, Rattus, Terveet Kädet (Finlândia), Upright Citizens (Alemanha), Eu’s Arse e Wretched (Itália). No Brasil, a banda pioneira do punk foi a Restos de Nada, formada na Zona Norte de São Paulo em 1977, ano de explosão do estilo em Nova York.  Pode-se dizer até mesmo que eles foram uma das primeiras bandas de Hardcore, juntamente com os grupos californianos, pois o som do Restos de Nada era mais veloz, violento e áspero do que as composições típicas do punk. Oficialmente, o Hardcore cravou suas raízes no país em 1982, quando foi lançada a coletânea “Grito Suburbano”, composta por bandas influentes do movimento como Olho Seco, Cólera e Inocentes.

Você conheceu um pouco mais sobre o Estilo Musical Hardcore.