Como Baixar Músicas Vaporwave?

Quer baixar música de Vaporwave? Vamos te ajudar a encontrar o melhores sites de Download de músicas e Serviços de Streaming isso legalmente, você vai poder baixar MP3 e ouvir música onde você desejar. Confira!


Vaporwave

Conheça mais sobre o estilo musical Vaporwave.

Vaporwave é um gênero musical e um movimento artístico que surgiu no início da década de 2010, entre diversas comunidades online. O gênero é caracterizado por uma fascinação nostálgica pela estética da cultura retrô do auge dos anos 80 e 90 até o seu término, abrangendo referências que eram produzidas a época em diversos meios artísticos relacionados de certa forma com tecnologia, tais como jogos eletrônicos, cultura e publicidade nipônica pós-moderna, além de estilos de música comercial. Esse gênero possui bastante influência de outros gêneros que eram muito presente na época, dos quais podem ser citados o lounge, jazz suave e música de elevador. No lugar do verde-amarelo e das hashtags com adesão explícita ao governo, a moda entre a militância digital que dá suporte ao presidente Jair Bolsonaro vem sendo ditada por colagens futuristas em tons de néon, frases enigmáticas e até mensagens em código Morse.


Playlist das 100 Músicas mais Baixadas Vaporwave


Top 10 Músicas Mais Tocadas do Vaporwave

Ops algo não saiu como previsto, por enquanto escute Vaporwave no Youtube:


Onde Baixar Música Vaporwave em Serviços de Streaming?


Lista dos Artistas e Ranking das Músicas de Vaporwave

Principais Artistas do Vaporwave



Saiba mais sobre a história do estilo musical: Vaporwave.

Vaporwave é um gênero musical e um movimento artístico que surgiu no início da década de 2010, entre diversas comunidades online. O gênero é caracterizado por uma fascinação nostálgica pela estética da cultura retrô do auge dos anos 80 e 90 até o seu término, abrangendo referências que eram produzidas a época em diversos meios artísticos relacionados de certa forma com tecnologia, tais como jogos eletrônicos, cultura e publicidade nipônica pós-moderna, além de estilos de música comercial. Esse gênero possui bastante influência de outros gêneros que eram muito presente na época, dos quais podem ser citados o lounge, jazz suave e música de elevador.

Os samples musicais são predominantes no gênero, frequentemente com sua tonalidade sonora modificada, por vezes podem ser utilizados em camadas ou até mesmo alterados usando o estilo clássico de chopped and screwed.

Um dos pontos principais do estilo é a frequente preocupação crítica ou satírica com o consumismo capitalista, a cultura popular, e alegorias do new age. O vaporwave se constrói em uma estética visual bem característica, apresentando elementos como esculturas neoclássicas misturados a computadores dos anos 90.

O Vaporwave surgiu como um estilo nascido da Internet, derivado do trabalho de artistas do pop hipnagógico como Ariel Pink e James Ferraro.

Os álbuns Chuck Person’s Eccojams Vol. 1, de Daniel Lopatin (Oneohtrix Point Never), e Far Side Virtual, de James Ferraro, são frequentemente creditados como marcos iniciais no desenvolvimento do vaporwave.[8][9][10] Em 2011, o álbum Floral Shoppe, da artista Vektroid, se tornou o primeiro álbum do gênero vaporwave a ganhar reconhecimento popular, com ajuda de comunidades online, notoriamente o board /mu/ (música) do 4chan.

Nos anos seguintes, o gênero encontrou espaço mais amplo entre websites como Bandcamp, SoundCloud, Last.fm e 4chan, e continuou a evoluir em com o surgimento de artistas como Skylar Spence e Blank Banshee, adotando sons que “promovem uma alusão ao virtual plaza[vago], mas que significamente transcendem-no”. Outros subgêneros do vaporwave incluem Mallsoft, que “conjura o muzak tocado nos shopping centers”.

Em 2015, a MTV promoveu um rebranding profundamente inspirado pela estética vaporwave e seapunk. Na contramão, o Tumblr lançou o Tumblr TV, com um visual vagamente inspirado na MTV no inicio da década de 1990.

De acordo com o jornalista Jordan Pearson, da Motherboard, o site de tecnologia da revista Vice, esta mudança significaria “a morte do gênero”, já que “é nesse lugar (em mídias como a MTV) que o impulso cínico que inspirou o vaporwave é ao mesmo tempo assimilado e apagado — onde sua fonte de inspiração nasce e vive.”

Os artistas frequentemente adotam escultura clássica, web design da década de 1990, renderizações de computador, Glitch Art, VHS, fita cassete, obras de arte da Ásia Oriental e cyberpunk.

Em novembro de 2015, de acordo com uma lista de “10 artistas que você precisa saber” da Rolling Stone, o álbum de 2814, 新しい日の誕生 (Birth of a New Day) encontrou o sucesso dentro de um “bolso pequeno e apaixonado da Internet.”

2814 citou Boards of Canada, Steve Roach, Vangelis, Burial e Sigur Rós como influências. No mesmo ano, o álbum I’ll Try Living Like This, de Death’s Dynamic Shroud.wmv apareceu na 15ª posição na lista de “50 Melhores Álbuns de 2015” da revista britânica Fact.

Vaporwave foi descrito como “um aviltante da música comercial” numa tentativa de revelar as “falsas promessas” do capitalismo. O compositor Adam Harper de Dummy Mag descreve o vaporwave sendo um “verdadeiro aceleracionista irônico e satírico”; notando que o próprio nome “vaporwave” é tanto um assentimento ao vaporwave, quanto a ideia de energia libidinal sendo submetida a sublimação implacável sob o capitalismo.